São Paulo, SP 6/4/2021 –

Impulsionado pela pandemia de Covid-19, entregas por delivery dispararam durante o período de carnaval desse ano.

Com grande parte dos nichos de mercado obtendo crescimento pelo comércio eletrônico, o segmento de delivery não foi diferente. O grande salto foi registrado no período de carnaval, quando as comemorações foram restritas às residências.

Os dados avaliados são referentes a uma pesquisa realizada pela Link e pela Neemo, empresa atuante no mercado de delivery para comércios alimentícios, como restaurantes. Com 276% de alta, quando comparado carnaval de 2020, a categoria de mercado de entregas foi potencializada pelo distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus.

O primeiro dia, sexta-feira, de comemorações foi o campeão, obtendo a maior quantidade de pedidos de delivery do período. Logo em seguida, ficam o sábado e o domingo, em 2º e 3º, respectivamente.

Imaginando o cenário onde os estabelecimentos comerciais não puderam funcionar durante a noite, e as pessoas comemoraram o carnaval em casa, o delivery se tornou a única opção para o consumidor.

Um dos principais pedidos do público foi no segmento de refeições, que já vinha crescendo ano a ano e, em 2021, não foi diferente. O crescimento anual da categoria ultrapassou a marca de 200%.

O mais interessante é que esse comportamento, que se destacou no carnaval, vem crescendo consideravelmente durante o ano e não indica sinais de desaceleração. O comportamento do consumidor tende a se manter no mercado digital e os estabelecimentos que estiverem melhor preparados serão beneficiados.

Os estabelecimentos que atendem por aplicativos de entrega, como iFood, Rappi, Uber, ou possuem delivery próprio, atestam como perceberam um aumento no seu número de entregas quando comparado ao período sem a pandemia de COVID e as restrições de funcionamento dos restaurantes.

Website: https://velupe.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui