Os novos wearables que a Huawei acaba de apresentar em Milão reforçam a aposta da empresa na saúde e bem estar. As linhas de relógios Watch GT 3 e Watch Fit foram otimizadas com mais opções de acabamentos de luxo e modos de treino para quem desafia limites

A aposta da huawei ultimo lançamento nos wearables tem sido reforçada com as linhas Watch GT e Watch Fit a marcarem as principais opções da empresa nesta área. As atualizações sucessivas fazem-se no hardware, com novos materiais e design, mas também com reforço dos sensores e dos modos de treino que ajudam os utilizadores a tirar mais partido das várias funcionalidades dos relógios. Em Milão a Huawei mostrou os modelos num evento que junta moda, tecnologia e saúde, três áreas que são cada vez mais aliadas nos wearables, uma gama de produtos que continua a crescer com opções cada vez mais variadas para se adaptarem a diferentes estilos de vida.

Richard Yu, CEO da área de consumo já tinha mostrado o smartphone dobrável Mate XS 2 , que vai chegar à Europa, mas depois o palco passou a ser dos smartphones e da nova geração de equipamentos inteligentes para a área da saúde e desporto.

O responsável sublinhou a importância dos sensores, apresentando duas das tecnologias chave nesta área, com monitorização de ritmo cardíaco, e o sistema TruStport para dar sugestões de treino.

São quatro os novos relógios inteligentes que a Huawei vai trazer para o mercado nos próximos meses, mas o Watch GT 3 Pro e o Watch Fit 2 são as estrelas de cartaz, utilizando as gamas da marca com novos materiais e design, mas sobretudo com mais software.

Com edições em cerâmica e titânio, na versão feminina e masculina, respectivamente, o Watch GT 3 Pro é claramente o topo de gama da linha de smartwatch, com versões de 46mm e 43 mm, e melhorias nos sensores de dados com tecnologia de monitorização TruSeeen 5.0 para medir a frequência cardíaca e o oxigénio no sangue, para além dos passos e exercício que já fazem parte das propostas habituais. Neste caso há um novo modo de treino para mergulho livre e mais de 100 outros desportos, que podem ser geridos à medida de cada um.

Apesar de fazerem parte da mesma linha, há algumas diferenças entre os modelos feminino e masculino. O material utilizado, o tamanho e também a funcionalidade mudam, com o GT 3 Pro de titânio a incluir uma coroa rotativa tátil 3D, semelhante aos relógios tradicionais, que permite controlar algumas funções. A edição de cerâmica tem um ecrã em vidro de safira e um design mais feminino, mas não perde o cariz desportivo.

O Huawei Watch GT 3 Pro 46 mm chega às lojas já amanhã, com uma campanha de oferta dos auriculares Freebuds 4i. A versão de 43 mm, destinada ao público feminino, só vai chegar às lojas um mês depois, a 19 de junho, com a mesma oferta de lançamento. Os preços começam nos 399 euros e chegam aos 620 euros no caso da versão cerâmica branca do GT 3 Pro de 43 mm.

Huawei Watch Fit 2: Flexível e personalizável

O formato rectangular e os preços não são as únicas diferenças do Fit 2 em relação ao Watch GT 3. Este é um modelo que a Huawei dirige a utilizadores mais jovens, mas que querem também explorar as funcionalidades de desporto e usar os cursos de fitness animados para se manterem em forma.

O novo modelo permite agora atender e fazer chamadas por Bluetooth sem que tenha de usar o smartphone, desde que esteja perto. Há mais opções de braceletes, com couro em branco e cinza, mas também metal dourado e prateado, que podem ser trocadas mais facilmente.

Os novos smartphones Watch Fit 2 nas versões Active, clássica e elegante vão começar a chegar às lojas a 15 de junho e os preços começam nos 169 euros, chegando aos 250 euros na versão mais artilhada.

A Huawei apresentou ainda uma pulseira, a Band 7, que vai custar cerca de 70 euros, e dois dispositivos wearables, a Watch D para monitorizar a tensão arterial, que também chega mais tarde a Portugal, e ainda a S-Tag um sensor de movimento que não tem data para o mercado português.

Aplicação renovada e com modelo + pago

A componente de software e conteúdos é relevante para acompanhar os equipamentos e oferecer aos utilizadores um acompanhamento de treino e nutrição e a Huawei está a atualizar a app Saúde + que conta com milhares de utilizadores.

A empresa vai lançar um modelo de subscrição, com assinatura mensal, onde pode criar uma rotina com lembretes automáticos. Há ainda uma análise nutricional que pode ser otimizada com dados de cada refeição e cálculo de contagens calóricas e um treino de respiração.

A subscrição da versão premium Saúde+ da Huawei vai custar  7,99 euros por mês ou 59,99 euros por ano. A versão beta estará disponível a partir de hoje até 30 de junho, com o lançamento da versão completa a 30 de junho em Itália e na Alemanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui