Maringá, PR. 16/3/2021 – Com o home care, além de não interromper meu tratamento, eu me senti parte do sucesso que os resultados trouxeram para minha pele

Mesmo com a reabertura, muitas clientes não quiseram interromper o tratamento em casa, pois viram os resultados acontecerem mais rápido

Mesmo com a pandemia que parou o mundo, o Brasil retoma suas atividades no mercado de estética e estudos já confirmam que o setor está a todo vapor e em pleno crescimento. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o mercado de beleza e bem-estar cresceu nos últimos 10 anos, cerca de 10% ao ano.

Segundo a psicóloga especialista em transtorno alimentar, Regiane Sabu, da clínica Conexão Humana de Curitiba, com o confinamento, muitas pessoas ficaram mais ansiosas e deprimidas e passaram a comer descontroladamente, abusando principalmente dos fast foods, por exemplo. As restrições ao acesso a academias contribuíram para que as clientes também deixassem a atividade física de lado. Em um segundo momento, começaram a se preocupar com a saúde e bem-estar, tanto físico como mental. Tudo isso culminou na busca por exercícios físicos, ajuda nutricional e controle da mente.

No entanto, com a reabertura dos estabelecimentos estéticos, a procura por soluções com o corpo aumentou substancialmente. As pessoas passaram a buscar formas de reestabelecer os cuidados, além de aliviar a tensão e melhorar a autoestima. Diante disso, uma rede de estética que possui marca própria de produtos profissionais, teve um avanço exponencial nessa retomada. A Cheflera teve um crescimento em torno de 30% comparado a janeiro de 2020, quando ainda não havia lockdown. “Percebemos não só um aumento na procura por tratamentos estéticos em nossas unidades, como também um aumento na procura por pessoas querendo adquirir uma franquia da Cheflera”, comenta Fernando Martins, dono da rede.

Outro detalhe, que também contribuiu para esse sucesso, foi o fato de a rede ser especializada em produtos profissionais e de marca própria. “A cliente pode continuar em casa o mesmo tratamento que a esteticista faz na clínica, pois ela adquire exatamente o mesmo produto para uso home care”, complementa Martins. Mesmo agora em março, com algumas cidades passando por restrições de horários de funcionamento do comércio, devido à pandemia, as clientes se mantiveram fiéis ao tratamento, pois continuaram usando o mesmo produto em casa. A rede disponibilizou fascículos explicando cada um desses produtos e criou um protocolo de uso deles, para facilitar a aplicação pela cliente em casa, até a clínica reabrir novamente. Mesmo com a reabertura, muitas clientes não quiseram interromper o tratamento em casa, pois viram os resultados acontecerem mais rápido. “Com o home care, além de não interromper meu tratamento, eu me senti parte do sucesso que os resultados trouxeram para minha pele”, enfatiza Francieli Dalla Rosa, cliente Cheflera.

Website: http://www.cheflera.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui