15/4/2021 – As tendências e oportunidades para o empreendedorismo em 2021 já estão definidas, quem deseja se tornar um empreendedor precisa apenas escolher um segmento

Após um ano de dificuldades imprevisíveis provocadas pela pandemia do novo coronavírus, empreender pode ser uma oportunidade. Planejar e compreender as tendências pode fazer toda a diferença.

Em 2020, por conta da pandemia, muitas pessoas perderam seus empregos. Segundo Maria Lucia Vieira, coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE, até julho foram registrados 12,9 milhões de desempregados.

Neste cenário adverso, o que para alguns era um sonho acabou se tornando realidade. Entre fevereiro e setembro, foram abertas 1,15 milhões de novas formalizações, representando um crescimento de 14,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo dados da Agência Brasil.

Ter o próprio negócio passou a ser fonte de renda de milhões de famílias, mas nem sempre isso foi feito de forma planejada. Em 2021 será possível organizar melhor essa nova situação e quem ainda não começou também terá essa chance.

A seguir o que está por vir no âmbito do empreendedorismo no Brasil.

Produtos digitais

Quem deseja empreender remotamente pode apostar em diferentes produtos digitais. É possível vender e produzir infoprodutos como cursos e e-books, dar aulas e palestras on-line e muitos outros.

São grandes as oportunidades para quem produz e vende algum conteúdo digital, mas é preciso estar atento às novidades para que elas sejam seguidas.

Alimentação saudável

A preocupação com a saúde tem causado uma mudança nos hábitos alimentares. Um estudo da Kantar sobre hábitos de alimentação revelou que 27% dos brasileiros consideram comprar mais alimentos saudáveis e nutritivos. O problema é que dificilmente se encontra comidas saudáveis ou veganas prontas para consumo.

Apostar nesse setor pode ser uma boa oportunidade. É possível abrir um restaurante, fazer marmitas e entregar aos clientes ou vender comida congelada.

A ideia é apostar em ingredientes naturais, preferencialmente orgânicos, e fazer pratos deliciosos. Clientes existem e a procura por comida saudável deve crescer.

Estilo de vida saudável

Outra dica é investir em um empreendimento esportivo que ofereça aulas variadas de diversas modalidades, além de serviços de profissionais como nutricionista, fisioterapeuta, nutróloga, médico ortopedista para orientações etc.

A dica é fazer parcerias variadas para chamar a atenção da clientela. Por exemplo, no começo o empreendedor pode pesquisar quais são os melhores planos de saúde e verificar a viabilidade de se credenciar em algumas especialidades porque estando em uma rede, muitas pessoas podem procurar o local para um tratamento médico e depois aproveitar para iniciar uma atividade física.

Franquias

Para quem pretende começar um negócio, mas não possui experiência em gestão e divulgação, a franquia é uma boa opção.

É necessário um investimento inicial, mas este pode ser pequeno dependendo do negócio escolhido. O diferencial neste caso é poder contar com todo o suporte e orientação de uma marca já reconhecida no mercado.

Esse é o melhor caminho para quem deseja empreender, mas não quer começar do zero ou ter que se preocupar com a criação da marca e outros procedimentos que podem ser bastante burocráticos para quem não tem experiência.

Apps e tecnologia

As startups e fintechs estão ganhando mais espaço porque conseguem trazer inovação. Dentre as tendências e oportunidades para o empreendedorismo em 2021, este é um tema que não pode ficar de fora.

Produzir um app que ofereça algo diferenciado é a grande aposta e alguns exemplos como Uber, iFood, Airbnb e Nubank deixam isso bem claro.

É possível empreender criando aplicativos para as empresas ou buscar produzir um que seja inovador e ofereça o que os consumidores esperam.

Brechós on-line

Sustentabilidade é um assunto que está em pauta, pois as pessoas estão começando a rever o seu consumo e hábitos de vida. Isto faz com que a procura por brechós aumente, já que eles permitem o reaproveitamento de roupas com preços mais acessíveis.

É possível começar a empreender em plataformas já existentes ou criar o próprio e-commerce. Começar vendendo apenas as roupas é uma opção, mas, para fazer o negócio crescer será preciso investir na aquisição de outras peças para revenda.

Planejamento e ação

As tendências e oportunidades para o empreendedorismo em 2021 já estão definidas, quem deseja se tornar um empreendedor precisa apenas escolher um segmento. É importante lembrar que ter o próprio negócio não é tarefa fácil. É preciso ter muita dedicação, planejamento e disciplina para chegar ao sucesso.

Website: https://blog.dino.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui